1. ANALISTA JUDICIÁRIO ELEITORAL TSE UNIFICADO – EDITAL ESQUEMATIZADO RETA FINAL – 2024 PÓS-EDITAL

Original price was: R$259,00.Current price is: R$199,00. ou em até 12x de R$19,39

Parcelamento
1x de R$199,00 sem jurosR$199,00
2x de R$116,34 com jurosR$232,67
3x de R$77,56 com jurosR$232,67
4x de R$58,17 com jurosR$232,67
5x de R$46,53 com jurosR$232,67
6x de R$38,78 com jurosR$232,67
7x de R$33,24 com jurosR$232,67
8x de R$29,08 com jurosR$232,67
9x de R$25,85 com jurosR$232,67
10x de R$23,27 com jurosR$232,67
11x de R$21,15 com jurosR$232,67
12x de R$19,39 com jurosR$232,67

PUBLICADO EDITAL COM 43 VAGAS (POREVISÃO DE CENTENAS DE NOMEAÇÕES), REMUNERAÇÃO DE R$ 13.994,78 E PROVA PREVISTA PARA 22/09/2024.

 

O RETA FINAL para o concurso de ANALISTA JUDICIÁRIO ELEITORAL consiste em um plano de estudo completo onde todo o conteúdo programático previsto para esse cargo é destrinchado de forma estratégica, indicando ao aluno o que estudar, como estudar e em qual profundidade, traçando uma estratégia completa para a rápida aprovação PÓS-EDITAL.

O que o aluno vai encontrar no edital esquematizado e estratégico:

    • Uma estratégia completa para sua aprovação, sem que precise gastar com mentorias ou coaching. O edital traz todas as dicas e estratégias que são fornecidas por um programa de mentoria.
    • Indicação bibliográfica completa pensada cuidadosamente para o concurso desejado.
    • Cronograma diário de estudo com indicação do que estudar dia a dia, sendo um roteiro completo para ser executado.
    • Quadro horário de estudos para que o aluno organize seu dia.
    • Temas de maior incidência para que o aluno estude direcionado ao que mais cai.
    • Temas de baixa incidência, e que podem ser dispensados para não perdermos tempo no que não cai.
    • Dicas de temas que podem ser cobrados em segunda fase e que merecem maior aprofundamento.
    • O enfoque a dar em cada tópico do edital, frisando nos principais a fim de que o aluno saiba o que vai cair na prova.
    • Indicação de quais pontos estudar por doutrina e quais por lei seca.
    • O que não esquecer de estudar de forma alguma e onde aprofundar.
    • Leis de leitura obrigatória, e quais podem ser dispensadas.
    • Dicas para acelerar sua aprovação, como uma estratégia de revisão, por onde estudar a jurisprudência e como grifar a lei seca.
    • Autoria de professores aprovados nos concursos mais difíceis do país em pouco tempo.
    • Estratégia focada na Banca CEBRASPE.
    • Metas para 84 dias de preparação.

 

Nossos Esquematizados orientam cerca de 75 mil alunos, contando com milhares aprovados nos concursos mais difíceis do país. Guiamos milhares de juízes, promotores, delegados de polícia, procuradores, advogados públicos, analistas e técnicos. Vejamos algumas indicações:

  • “Tenho sempre indicado seus materiais sistematizados. São os melhores. Aliás, são incomparáveis com os demais. Parabéns” – Dizer o Direito – recomendou o material.
  • “O material me ajudou muito. Foi realmente um guia na minha preparação”– Bruno Terra, juiz do TJ/SP.
  • “O Edital Esquematizado foi um divisor de águas na minha vida. Foi quando comecei a utilizá-lo que rompi a barreira da primeira fase. Sempre indico para todo mundo”– Andreia Tonin, promotora de Justiça do MPSC.
  • “Passei para promotor do MPPR. Seu edital foi fundamental. Meus cadernos foram com base nele”– Carlos Edoardo Novoa Borges de Barros Reis, promotor do MP/PR.
  • “Segui meus estudos pelo Edital do Meu Esquematizado” – Bruna Daronch, Advogada da União.
  • “Usei como base o Edital Esquematizado e aí começou um salto de qualidade nos meus estudos”– Thiago Lacerda – Advogado da União.
  • “Escolhei minha Bibliografia pelo Edital Esquematizado” – Eric Bortoletto – Promotor do MPPR.
  • “O edital esquematizado foi essencial na minha preparação e aprovação” – Eduardo Fagundes – Promotor do MPSC.
  • “Usei o Meu Esquematizado, o material é excelente para entender o enfoque a ser dado em cada conteúdo de cada disciplina” – Jonathan Pablo Araújo – Aprovado para Juiz do TJAL, Analista do TJBA e Técnico do TRE/MG.
  • “Fiz uma espécie de fichamento com base no Edital do Meu Esquematizado, que foi essencial na minha preparação” – Luiz Flávio Barbieri – Promotor no MP/PR.
  • “Conquistei 3 aprovações com vocês, todas dentro do TOP 10” – Matheus de Palma – Delegado de Polícia da PC/MS aprovado na PC/MS (4 lugar), PC/PA (6 lugar) e PCMG (06 lugar).
  • O Edital Esquematizado me propiciou um estudo estratégico – o material foi um manual de instruções no estudo para concursos – João Paulino de Oliveira Neto, aprovado na PGDF.
  • Clique aqui para mais depoimentos.

 

No Edital Esquematizado de ANALISTA ELEITORAL (TREs e TSE / CONCURSO NACIONAL UNIFICADO) detalhamos de forma minuciosa e cuidadosa as seguintes disciplinas de forma a permitir que o aluno tenha autonomia em seus estudos e a certeza de que está fazendo o certo:

CONHECIMENTOS BÁSICOS

  • LÍNGUA PORTUGUESA.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

  • DIREITO ELEITORAL.
  • DIREITO CONSTITUCIONAL
  • DIREITO ADMINISTRATIVO.
  • DIREITO CIVIL.
  • DIREITO PROCESSUAL CIVIL.
  • DIREITO PENAL.

 

O estudo será executado no formato RETA FINAL PÓS-EDITAL, com metas diárias de LEI SECA, DOUTRINA  e JURISPRUDÊNCIA. 

O material é dividido em dias para que o aluno saiba exatamente o que estudar no seu dia a dia, facilitando assim sua rotina e dando eficiência nos seus estudos. Fixam-se metas a fim de garantir melhores resultados.

Trata-se, portanto, de um PLANO DE ESTUDO COMPLETO e ESTRATÉGICO PÓS EDITAL, razão pela qual nossos alunos chamam o material de “AUTOCOACHING”, já que passam a ter segurança e a certeza de que estão no caminho certo.

Com nosso material, o aluno saberá exatamente o que priorizar em cada uma das matérias, suprindo, assim, a maior dúvida de todos os concursandos que é a incerteza sobre o que estudar (se precisa ou não estudar a matéria X, por exemplo). Certamente o estudo será potencializado com o uso do e-book.

 

DESTINAÇÃO – para todos os alunos que se dedicam aos concursos de ANALISTA JUDICIÁRIO ELEITORAL, com edital publicado em 29/05/2024

 

ATUALIZAÇÃO– 11 edição – ano de 2024 – PÓS-EDITAL. Totalmente de acordo com o edital do concurso nacional unificado. 

 

MODELO:

DIREITO CONSTITUCIONAL:

Direito Constitucional, junto com Administrativo e Eleitoral, é a matéria jurídica mais relevante para concurso de servidores, sendo a cobrança focada em aspectos doutrinários mais básicos e em muita legislação seca.

Preferimos uma sinopse para o concurso de analista como fonte doutrinária, podendo, contudo, ser tranquilamente substituída por aulas de cursinhos ou PDFs.

Incluam no estudo de vocês a leitura incansável da Constituição Federal – a leitura deve ser integral, e não apenas até o artigo 5º, pois o CEBRASPE tem deslocado sua cobrança cada vez mais para o final da Constituição.

Do mesmo modo, ler o texto constitucional ajudará na resolução de questões de direito constitucional, direito administrativo, direito penal, dentre outras matérias, o que reforça a obrigatoriedade de sua leitura.

A Banca ama os temas: Direitos Fundamentais, Teoria da Constituição, Controle de Constitucionalidade, Ações Eleitorais previstas na CF, Processo Legislativo e Tribunal de Contas. Fiquem atentos a esses temas que eles provavelmente serão abordados.

 

DIA 01-  1 APLICABILIDADE DAS NORMAS CONSTITUCIONAIS. 1.1 NORMAS DE EFICÁCIA PLENA, CONTIDA E LIMITADA. 1.2 NORMAS PROGRAMÁTICAS. 2 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988. 2.1 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS.

Detalhadamente:

  • Estrutura da CF – tema de cobrança elevada. Preâmbulo e seu caráter não-normativo. Preâmbulo como parâmetro para o controle de constitucionalidade e como norma de não reprodução obrigatória. Jurisprudência sobre preâmbulo. Natureza do ADCT de norma constitucional.
  • Eficácia e aplicabilidade das normas constitucionais – Aprender a classificação de José Afonso da Silva. É muito importante que o aluno saiba o conceito e diferenciar as normas de eficácia limitada, contida e plena. Estudar entendimentos do STF quanto ao tema, especialmente como o STF entendeu ser a eficácia de alguns artigos da CF (quais tem eficácia plena, quais não possuem etc.). Tema importantíssimo para provas de servidores, especialmente a classificação de José Afonso da Silva.
  • Ler o art. 1º a 4º da CF várias vezes – a banca cobra esses artigos misturando-os, então saiba quais são os fundamentos, quais os objetivos da República Federativa do Brasil muito bem e sem confundir um artigo com o outro.
  • Esse dia é mais curto, terminando já avance para os dois seguintes que dizem respeito aos Direitos Fundamentais.

 

DIREITO ELEITORAL

DIAS 01 E 02- 1 DIREITOS POLÍTICOS. 1.1 DIREITOS FUNDAMENTAIS E DIREITOS POLÍTICOS. 1.2 PRIVAÇÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS. 2 DIREITO ELEITORAL. 2.1 CONCEITO E FUNDAMENTOS. 2.2 FONTES DO DIREITO ELEITORAL. 2.3 PRINCÍPIOS DE DIREITO ELEITORAL. 2.4 HERMENÊUTICA ELEITORAL. 3 PODER REPRESENTATIVO. 3.1 SUFRÁGIO. 3.1.1 NATUREZA. 3.1.2 EXTENSÃO DO SUFRÁGIO. 3.1.3 VALOR DO SUFRÁGIO. 3.1.4 MODO DE SUFRÁGIO. 3.1.5 FORMAS DE SUFRÁGIO.

Detalhadamente:

  • Noções introdutórias: chama-se a atenção do aluno para a distinção entre democracia direta e indireta, bem como para os instrumentos de democracia participativa. Saiba os casos de participação popular previstos na Constituição. Relacione direito eleitoral com democracia (tema que pode ser cobrado em eventual prova escrita). Relacione participação popular com democracia. Saber a distinção entre sufrágio, voto e escrutínio. Saber os adjetivos que se agregam a esses substantivos, como sufrágio universal, voto direto. Em fontes do direito eleitoral, é importante que o aluno saiba o papel do TSE e seu poder normativo. Além disso, saber muito bem sobre a anualidade eleitoral à luz da jurisprudência do STF. Em princípios, chama-se a atenção para os conceitos (saber em um parágrafo o conceito de cada princípio) e o que estará na sua prova, como dito, será a anualidade. Saber ainda o que é o princípio democrático e como se interpreta o princípio da prevalência do resultado das eleições.
  • Agora, vamos pedir a nosso aluno que vá até seu material de direito constitucional para estudar esse tema, mais precisamente no tema “direitos políticos e partidos políticos”.
  • Quanto aos direitos políticos: Características do sufrágio – saber o que caracteriza cada espécie de sufrágio e cuidado para não confundir em prova (a banca acaba misturando os sistemas). Capacidade eleitoral ativa – saber o que é e quem possui a capacidade eleitoral ativa. Capacidade eleitoral passiva – Saber todos os requisitos constitucionais de elegibilidade e as causas de inelegibilidade (atenção para a reflexa). Saber as idades mínimas. Desincompatibilização, prefeito itinerante, lei que altera o processo eleitoral são alguns julgados relevantes do STF. Questão da capacidade eleitoral de militares e analfabetos. Foco mesmo nos julgados referentes a inelegibilidades. #JÁCAIUCEBRASPE: Leia com atenção tudo que seu material trouxer sobre título de eleitor, sobretudo, as hipóteses de cancelamento e a jurisprudência sobre o tema. Constitucionalidade da lei da ficha limpa. Saber quando o voto é obrigatório e quando é facultativo. Saber os casos de perda e de suspensão dos direitos políticos – diferencie quais os casos de perda e quais os casos de suspensão. Possibilidade de consultas populares sobre questões locais – requisitos para que ocorra. Não utilização de propaganda gratuita para as consultas populares. Relacione o tema com todas as formas de consulta popular. Diferença entre consultas populares sobre questões locais, plebiscito e referendo. Prazo da ação de impugnação de mandato eletivo – CF seca – esse tema é de cobrança reiterada em provas de TREs. Foco na leitura da CF + julgados trazidos em seu livro.
  • Atenção: o CEBRASPE vai questionar se no caso em referência o candidato é inelegível ou não, sempre relacionando com parentesco. Então dominar praticamente a inelegibilidade em razão de parentesco. Também abordam muito na prática o tema desincompatibilização.
  • Partidos Políticos – o mais importante é ler a CF + os julgados trazidos no livro. Cito os seguintes julgados, por exemplo: candidatura nata, verticalização das coligações, fidelidade partidária, prefeito itinerante, financiamento privado de campanhas eleitorais (empresas), dentre outros. Natureza dos partidos políticos. Novo regramento da infidelidade partidária – perda do cargo e casos de manutenção. Fidelidade partidária e distribuição de recursos do fundo partidário. Infidelidade em cargos majoritários e em cargos proporcionais. Voto em candidatos negros e mulheres – relevância para acesso ao recurso do fundo partidário e para o fundo de financiamento de campanha. O tema partido político, art. 17, é bastante cobrado em Lei Seca, associado a temas como fidelidade partidária, por exemplo. Tema muito conceitual, legalista e jurisprudencial, portanto, merece um estudo completo. Atenção para a EC 97, que alterou algumas regras aplicáveis aos partidos políticos.
  • Saber cada detalhe dos art. 14 a 17 da CF. Uma boa fonte de consulta de julgados é o documento “A Constituição e o Supremo”.
  • Dica: possivelmente, vocês acertarão uma questão sabendo muito bem o regramento constitucional do direito eleitoral.

 

BÔNUS

1- Acesso ao manual do concurseiro com dicas para potencializar seus resultados.

2- Planner de Estudos.

3- Aulas  práticas com a seguinte temática te ensinando a potencializar seus resultados:

Aula 1 “como estudar a legislação”.

Aula 2 “como revisar”.

Aula 3 “como fazer um caderno de erros”.

Aula 4 “como fazer resumos ou fichas”.

Aula 5 “como montar seu cronograma de estudos”.

 

ENVIO– tão logo a compra seja aprovada, o aluno receberá um link em seu e-mail com as instruções de acesso ao material. O link é enviado imediatamente para o e-mail usado para a compra, tão logo o pagamento seja confirmado.

 

OUTRAS OPINIÕES DE ALUNOS:

  • “O material de vocês é perfeito. Melhor aquisição que fiz esse ano”.
  • “Não poderia deixar de ressaltar quanto tem sido fundamental o cronograma nessa etapa, pois sem ele certamente estaria bem perdida nos estudos/revisões”.
  • “Estou chocada com o material de vocês. Excelente”.
  • “Também comprei e estou amando o edital esquematizado.”
  • “Comprei sim e estou apaixonada pelo trabalho, muito minucioso e bem feito. Acho que compensa demais. Fiquei apaixonada pelo meu, porque dentro da matéria ele detalha os pontos importantes dando ênfase.”
  • “Comprei, encadernei e amei. Ajuda muito a direcionar e programar os estudos”.
  • “Comprei o material do TJMG, primeiro concurso que fiz e foi aprovado na primeira fase”.
  • “Um material muito bom e que além de ajudar na organização dá uma tranquilidade nos ansiosos, ao saber o que estudar com mais ênfase. Meu único arrependimento é não ter comprado antes”.
  • “O edital foi adquirido e, claro, estou gostando”.
  • “Material muito bom, até aproveitei o cupom de páscoa e adquiri a Legislação Organizada também”.
  • “Eu achei fantásticos. Ajuda a ter atenção no que realmente importa”.

 

Se ainda tiver dúvidas, peça-nos ajuda no Instagram @meuesquematizado. Será um prazer dar todo o suporte que precisar.

 

Seja bem-vindo(a) ao Meu Esquematizado.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “1. ANALISTA JUDICIÁRIO ELEITORAL TSE UNIFICADO – EDITAL ESQUEMATIZADO RETA FINAL – 2024 PÓS-EDITAL”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *