RETA FINAL PGE/MS (PGE Mato Grosso do Sul) – 58 DIAS ESTRATÉGICOS ATÉ A PROVA

R$199,00 ou em até 12x de R$19,39

NULL

SKU: 1733121 Categoria:
Parcelamento
1x de R$199,00 sem jurosR$199,00
2x de R$116,34 com jurosR$232,67
3x de R$77,56 com jurosR$232,67
4x de R$58,17 com jurosR$232,67
5x de R$46,53 com jurosR$232,67
6x de R$38,78 com jurosR$232,67
7x de R$33,24 com jurosR$232,67
8x de R$29,08 com jurosR$232,67
9x de R$25,85 com jurosR$232,67
10x de R$23,27 com jurosR$232,67
11x de R$21,15 com jurosR$232,67
12x de R$19,39 com jurosR$232,67

Descrição

Edição: 1ª edição – pós edital.

Número de dias: 58 dias.

Número de páginas: 148 páginas

Envio: Imediato.

Observação: Se você já possui o reta final PGE/CE não é necessário adquirir esse material.

O edital muito esperado de Procurador do Estado do Mato Grosso do Sul foi publicado. O concurso será organizado pela CEBRASPE e está previsto para acontecer em 19/12/2021.

Sabemos que a publicação do edital paralisa o aluno, por isso montamos nosso reta finalindicando o que estudar dia a dia até a prova, quais temas revisar e em qual profundidade. Quais artigos ler e quais temas dar ênfase, dispensando o que não será objeto de cobrança. 

O Meu Esquematizado para A RETA FINAL DO CONCURSO DE PROCURADOR DO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL consiste em um e-book completo onde estabelecemos uma estratégia eficiente para o estudo reta final visando a otimização dos resultados de nossos alunos. Para isso destrinchamos e detalhamos o edital indicando a nosso aluno o que estudar e em qual profundidade.

 

O que você vai encontrar no edital?

  • Uma estratégia completa para sua aprovação, sem que precise gastar com mentorias ou coaching.
  • Direcionamento para um estudo conforme a banca CEBRASPE.
  • Metas diárias até a prova, permitindo que vocês revisem mais de 90% dos temas relevantes até o dia do concurso. 
  • Cronograma diário de estudo – indicação do que estudar dia a dia até a prova. 
  • Indicação bibliográfica completa (o aluno pode seguir a sua própria bibliografia ou material).
  • Temas de maior incidência.  
  • Temas de baixa incidência para dispensar os estudos.  
  • Quadro horário de estudos. 
  • O enfoque a dar em cada tópico do edital, frisando nos principais a fim de que você saiba o que vai cair na sua prova.  
  • O que não esquecer de estudar.  
  • Meta diária de lei seca. 
  • O que deixar de estudar, pois não será cobrado em prova. 
  • Melhor custo benefício do mercado. 
  • Verdadeira mentoria (autocoaching) sem gastar milhares de reais.  
  • Material produzido por professores aprovados nos concursos mais difíceis do país em curto espaço de tempo.
  • O que estudar por lei, o que estudar por uma fonte doutrinária e o que estudar só por jurisprudência. 

 

O material Meu Esquematizado é usado por cerca de 51 mil alunos e conta com milhares de aprovados, já tendo sido recomendado por centenas de aprovados juízes, promotores, delegados de política, procuradores, advogados públicos, analistas e técnicos. Veja alguns depoimentos: 

 

“Tenho sempre indicado seus materiais sistematizados. São os melhores. Aliás, são incomparáveis com os demais. Parabéns” – Dizer o Direito – recomendou o material.

 

“O material me ajudou muito. Foi realmente um guia na minha preparação” – Bruno Terra, juiz do TJ/SP.

 

“O Edital Esquematizado foi um divisor de águas na minha vida. Foi quando comecei a utilizá-lo que rompi a barreira da primeira fase. Sempre indico para todo mundo” – Andreia Tonin, promotora de Justiça do MPSC.

 

“Passei para promotor do MPPR. Seu edital foi fundamental. Meus cadernos foram com base nele” – Carlos Edoardo Novoa Borges de Barros Reis, promotor do MP/PR.

 

“Segui meus estudos pelo Edital do Meu Esquematizado” – Bruna Daronch, Advogada da União.

 

“Usei como base o Edital Esquematizado e aí começou um salto de qualidade nos meus estudos” – Thiago Lacerda – Advogado da União.

 

Para outros relatos, CLIQUE AQUI. 

 

No Edital Esquematizado Reta Final para a PGE MS detalhamos de forma minuciosa e cuidadosa as seguintes disciplinas de forma a permitir que o aluno tenha autonomia em seus estudos e a certeza de que está fazendo o certo: 

 

DIREITO CIVIL

PROCESSO CIVIL

DIREITO DO TRABALHO

PROCESSO DO TRABALHO

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO FINANCEIRO

DIREITO AMBIENTAL

DIREITO TRIBUTÁRIO

DIREITO EMPRESARIAL

DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL

 

A preparação reta final deve ser executada em 58 dias (mas mesmo quem tem menos dias pode adquirir e escolher os dias que irá executar conforme suas deficiências).

 

Nesses 58 dias garantimos uma preparação que passa pelos principais temas da prova. 

 

O material é dividido em dias para que vocês saibam exatamente o que estudar no seu dia a dia, facilitando assim sua rotina e dando eficiência nos seus estudos.

 

Você receberá um PLANO DE ESTUDO COMPLETO, razão pela qual nossos alunos chamam o material de “AUTOCOACHING”, já que você terá segurança e a certeza de que está no caminho certo.

 

Com esse e-book você saberá exatamente o que priorizar em cada uma das matérias, suprindo, assim, a maior dúvida de todos os concurseiros que é a incerteza sobre o que estudar (se precisa ou não estudar a matéria X, por exemplo). Certamente vocês otimizarão, e muito, o estudo com esse cronograma.

 

DESTINAÇÃO – para todos os alunos que vão prestar o concurso PROCURADOR DO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL.

 

ATUALIZAÇÃO– 1. edição – ano de 2021 – pós-edital.

 

ENVIO– Imediato, após aprovação do pagamento.

O envio será personalizado via e-mail (e-book), e cada documento será identificado.

 

MODELO:

META LEI SECA

Leitura da CF – art. 1º a 17.

META JURISPRUDÊNCIA

Súmulas Vinculantes (Parte 01 de 02).

 

Seu o estudo é dividido em partes, leia a fração indicada do total naquele dia. No caso hoje, ½ das súmulas vinculantes.

META DOUTRINÁRIA

Hoje começamos nosso estudo rumo a reta final da PGE MS, e vocês vão logo perceber que as metas doutrinárias não coincidirão, em regra, com as metas legais, isso por um motivo: ganharmos em revisões intercaladas, ou seja, vamos rememorar um mesmo tema, mais de uma vez e com lapso de tempo entre eles.

 

Então nossa meta doutrinária de hoje não é direito constitucional, mas sim vamos começar com direito administrativo, que é uma das matérias mais relevantes do seu concurso com 15 questões. Daremos a ela uma boa prioridade.

 

Lembrem-se de que quando forem fazer o estudo doutrinário vocês devem focar no que consta do detalhadamente, priorizando esses pontos.

 

Vamos para nossas metas doutrinárias:

  • Noções Introdutórias – esse tema não é muito importante, e tem baixa incidência. Saber, ao menos, o conceito de direito administrativo, sistema inglês e sistema francês de controle da atuação administrativa (bem como qual sistema foi adotado no Brasil).
  • Ver ainda: Os diferentes critérios adotados para a conceituação do direito administrativo (prioridade desse tópico).

 

  • Assuntos de pouca importância para concursos: Fontes do direito administrativo: doutrina e jurisprudência na formação do direito administrativo. Lei formal. Regulamentos administrativos, estatutos e regimentos; instruções; princípios gerais; tratados internacionais; costume. Apenas cuidado com os decretos autônomos. Também não são muito importantes: Direito administrativo como direito público, objeto do direito administrativo, distinção da atividade administrativa e sua relação com as outras atividades.

 

  • Regime jurídico-administrativo – entender bem, pois esses conceitos são importantes, especialmente para que vocês entendam o caráter público desse ramo do direito, e sua implicação na supremacia do interesse público, por exemplo.
  • Saber sobre a supremacia e a indisponibilidade do interesse público. Relação entre interesse público x privado. Consequências da supremacia e indisponibilidade do interesse público.
  • Princípios de direito administrativo – esse tema é doutrinário e muito importante para sua prova – foco em conceitos + jurisprudência indicada em seu material.
  • Distinção entre interesse público primário e secundário.

 

  • Princípios da Administração Pública – tema importantíssimo– novamente, reitero a importância de se conhecer as implicações da supremacia do interesse público e da sua indisponibilidade.
  • Atenção especial para os previstos no art. 37 da Constituição Federal (legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, e seus desdobramentos), para a autotutela (importantíssimo), bem como proporcionalidade e proteção da confiança legítima/segurança jurídica (boa-fé X má-fé no recebimento de verbas públicas em virtude de liminar e em virtude de má interpretação da lei feita pela Administração). Nepotismo e sua vedação ou não aos cargos políticos. Vertentes e origens do princípio da impessoalidade.
  • No princípio da publicidade, saber o que é.
  • Direito à probidade administrativa e à Administração Pública proba. Administração Pública dialógica.
  • No tema princípios, o mais importante é saber os conceitos + os julgados trazidos no seu material de estudo. Ex. direito de greve e continuidade dos serviços públicos, interrupção do serviço público por inadimplência.
  • Foco: recebimento de verbas públicas indevidamente por servidores – boa-fé, restituição ou não dos valores. Anulação de atos após longo período de tempo – boa-fé e segurança jurídica?

 

  • Poderes e deveres Administrativos – saber sobre o regime de prerrogativas e sujeições. Fundamento.
  • Apenas noções gerais de deveres (tema que se relaciona diretamente aos princípios, de forma que, conhecendo os princípios, conhece-se também os deveres) – leitura rápida, portanto – tema de suma importância.
  • Atenção redobrada com “poder vinculado e poder discricionário” (o aluno deve entender bem discricionariedade e vinculação e saber discorrer sobre). Em discricionariedade, deve se ater aos conceitos jurídicos indeterminados, discricionariedade técnica, bem como aos limites da discricionariedade (ou seja, quais elementos são sempre vinculados e onde reside a discricionariedade do administrador). Diferenças no controle judicial dos atos discricionários e nos atos vinculados. Controle de proporcionalidade relacionado ao poder discricionário.
  • Poder hierárquico – saber o conceito e as decorrências da hierarquia (avocação e poder sancionatório, por exemplo).
  • Poder disciplinar – conceito e natureza discricionária ou vinculada. Conceito de direito administrativo sancionador.
  • Poder regulamentar – atenção para as espécies de decreto e os casos em que se admite decreto autônomo. Exorbitância no poder regulamentar (o que fazer). Poder regulamentar das agências reguladoras (o que tem de especial).
  • Poder de Polícia – tema mais importante de poderes, sendo integralmente importante. Conceito de poder de polícia (atividade positiva ou negativa?), polícia preventiva X repressiva, sanções aplicáveis (atenção para demolição de residência X autorização judicial), autoexecutoriedade das decisões (limites), ciclo de polícia (tema recorrente em provas), delegação do poder de polícia (e sua impossibilidade de delegação para particulares) X delegação de atividades materiais de polícia (possibilidade de delegação a particulares), atributos do poder de polícia (dominar – foco para autoexecutoriedade).
  • Para terminar o dia, veja abuso de poder, com destaque para suas modalidades: excesso de poder e desvio de finalidade.
  • O tema poderes é de cobrança recorrente. Também entender poder disciplinar e saber o que poder administrativo sancionador ajuda em provas de PGE.
  • O que faríamos nesse dia? Especialmente poder de polícia e princípios.